Guia do viajante para Ilhas Cies

Prepare a sua viagem

Descubra tudo o que deve saber para preparar a sua viagem e desfrutá-la ao máximo.

RESERVA DE BILHETES

As Ilhas Cies pertencem ao Parque Nacional Marítimo Terrestre das Ilhas Atlânticas da Galiza e o número de visitantes diário é limitado, de maneira que o mais importante na hora de realizar a reserva de bilhetes é fazê-lo com a maior antecedência possível, especialmente nos meses de junho, julho, agosto e setembro.

Pode reservar os seus bilhetes às Ilhas Cies diretamente a partir de casa em www.mardeons.com ou no telefone 986 225 272 de maneira simples, rápida e, acima de tudo, segura.

Na altura de realizar a reserva deverá escolher, entre todos os portos de saída disponíveis, os vinte e dois horários de saída diários e facilitar o seu número de identidade, seja ele BI, NIF ou Passaporte, para obter a correspondente autorização de Parques Nacionais.

DOCUMENTAÇÃO PARA VIAJAR

Para viajar deverá ter em dia a documentação exigida pela normativa vigente (BI, passaporte, NIF) e apresentá-la ao pessoal do Parque Nacional quando for necessário.

A crianças deverão viajar sempre acompanhadas de um adulto e é preciso apresentarem os seus documentos (BI, NIF, passaporte ou livro de família) durante o embarque, uma vez que o nosso pessoal irá verificar que as crianças sejam menores de 13 anos.

Para poder efetuar o embarque de maneira rápida e ágil, é favor levar consigo os documentos requeridos já prontos.

BAGAGEM

Para viajar às Ilhas Cies pode levar até um máximo de 20 kg de bagagem por pessoa. No entanto, é importante considerar a quantidade que pode carregar por si próprio e que faça especial atenção aos objetos de valor, pois Mar de Ons não se responsabiliza por eventuais roubos, perdas de bagagem ou objetos pessoais dos passageiros.

Tenha em conta que objetos é proibido levar a bordo por serem considerados ilícitos ou perigosos, ou simplesmente proibidos.

OBJETOS PROIBIDOS

Por medidas de segurança, é proibido o transporte na bagagem de mão de qualquer género de objeto perigoso que possa pôr em risco a segurança dos nossos passageiros:

  • Explosivos, munições, artigos de pirotecnia ou foguetes e armas perigosas.
  • Gases (inflamáveis, não inflamáveis, intensamente refrigerados ou venenosos) como o gás para campismo, oxigénio, propano e butano.
  • Líquidos inflamáveis, como combustíveis, pinturas ou dissolventes.
  • Sólidos inflamáveis, como artigos de fácil ignição, substâncias sujeitas a combustão espontânea, substancias que emitem gases inflamáveis ao contacto com a água.
  • Substâncias oxidantes, como a soda ou os peróxidos.
  • Materiais radioativos.

VIAJEM COM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

É totalmente proibido desembarcar qualquer género de animal nas Ilhas Cies, exceto cães-guia que acompanhem deficientes visuais. Portanto, se estiver interessado em visitar as Ilhas Cies e precisar de um serviço de alojamento de animais de estimação, dispõe deste serviço na cidade de Vigo.

No entanto, caso decida realizar apenas a travessia às Ilhas Cies (sem possibilidade de desembarcar), nos barcos são admitidos quaisquer animais de estimação, desde que documentados. São considerados animais de estimação os cães, gatos e aqueles animais inofensivos que acedam ao navio munidos de correia, coleira e açaimo. O animal deverá permanecer durante toda a travessia na zona exterior do barco.

Verifique que leva o cartão de saúde do seu animal de estimação, e que está perfeitamente em dia em termos do calendário de vacinas e desparasitações.

 

EMBARQUE DE BICICLETAS

É totalmente proibido levar bicicletas às Ilhas Cies.

EMISSÃO DE BILHETES DE EMBARQUE

Os bilhetes reservados poderão ser emitidos a partir do momento da reserva até 30 minutos antes da hora de saída escolhida, nas máquinas de venda de bilhetes localizadas em todos os portos de saída, ao pé dos nossos pontos de informação.

Para imprimir los bilhetes, só tem que introduzir os dados da reserva que iremos enviar-lhe diretamente para o seu correio eletrónico.

Perante qualquer dúvida, poderá sempre acudir a qualquer um dos nossos pontos de informação.

HORA LIMITE DE EMBARQUE

Para embarcar deverá acudir ao ponto de embarque com uma antecedência mínima de 15 minutos em relação à partida do seu barco. Terá que ficar na fila correspondente com o seu bilhete na mão para o embarque se desenvolver de maneira ágil e rápida e facilitar assim a partida pontual do barco.

DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA

A prioridade do capitão e da tripulação é a segurança dos passageiros. É por isto que os catamarãs da companhia, além de cumprir com todas as revisões requeridas tanto pela Direção Geral da Marinha Mercante quanto pelas restantes instituições, incluem dispositivos de segurança adicionais.

ESPAÇO SEM FUMOS

Em conformidade com a lei estatal sobre tabaco, é proibido fumar no interior dos barcos. Também não é permitido fumar em nenhuma das dependências em terra da companhia.

COBERTAS

Nos nossos barcos, ao tratar-se de embarcações grandes e estáveis, pode aceder à coberta durante o trajeto e passear sem problema.

RECOMENDAÇÕES

  • É recomendável viajar com roupa e calçado confortável e colocar muita proteção solar para desfrutar plenamente de tudo o que oferece este paraíso natural. Não se esqueça da câmara fotográfica.
  • Nas Ilhas Cies não há caixa automático, apesar de alguns estabelecimentos de restauração admitirem o pagamento com cartão.
  • Caso venha de viatura própria, recomendamos que chegue com tempo suficiente para estacionar.
    • Em Vigo dispõe de vários estacionamentos de pagamento muito próximos de onde nos encontramos. Há um parque de estacionamento robotizado debaixo da Estação Marítima da Ria, mais um na entrada ao Berbés, um parque de estacionamento no Centro Comercial A Laxe e ainda mais um na Praça da Estrela. Apenas deve ter em conta que no parque robotizado podem estacionar somente as viaturas ligeiras.
    • Em Baiona dispõe de dois estacionamentos de pagamento próximos ao porto. Um encontra-se baixo o parque da Palma, a aproximadamente 500 metros do porto, e o outro em Los Tendales, a uns 800 metros.
    • Em Cangas há vários estacionamentos públicos na zona do porto.
  • Dirija-se ao posto de informação perante qualquer dúvida.

Ler mais Ler menos

Informação prática

Aceda a informação útil sobre aspetos a ter em conta nas Ilhas Cíes: normas do Parque Nacional, serviços na ilha, rotas, praias…

NORMATIVA DO PARQUE NACIONAL

NÃO é permitido:

  • Despejar qualquer resto de comida ou lixo, pois não há caixotes de lixo, sendo preciso trazer o lixo ao porto de origem e depositá-lo nos contentores no momento do desembarque.
  • Desembarcar animais domésticos, exceto cães-guias que acompanhem deficientes visuais.
  • Aceder ou transitar com viaturas motorizadas, exceto cadeiras de rodas.
  • Os deslocamentos de bicicleta e/ou viaturas similares, exceto na Ilha de Ons.
  • Fazer campismo fora dos locais destinados para tal efeito.
  • Acender qualquer género de fogo, fogueira ou semelhante.
  • Aceder às zonas sinalizadas como restritas para o público, pois deverão respeitar as culturas, vedações e cercas e deverão utilizar os caminhos e os passadiços, bem como evitar caminhar fora deles pelo interior do Parque.
  • Incomodar, ferir, capturar ou matar os animais silvestres.
  • Arrancar, cortar ou danificar a vegetação, incluídas flores e frutos.
  • O levantamento, destruição ou alteração de elementos de interesse arqueológico, histórico ou geológico, terrestres como marinhos: pedras, conchas, etc.
  • Introduzir espécies animais e/ou vegetais autóctones.
  • Realizar qualquer atividade que destrua, deteriore ou transtorne os elementos naturais singulares da zona.
  • Utilizar instalações sonoras ou emitir ruídos que possam alterar a calma natural do lugar.
  • A prática de mergulho sem autorização prévia.
  • Realizar pesca submarina e pesca desportiva.
  • Permanecer ou transitar com armas, arpões, espingardas submarinas ou outros utensílios semelhantes.
  • Comer num lugar qualquer, uma vez que deverão fazê-lo exclusivamente nas áreas recreativas destinadas para as refeições.
  • É permitido fumar, desde que não se deite ao chão nem a ponta, nem cigarros acesos (todas as precauções são necessárias para minimizar o risco de incêndios).

É permitido

  • Levar comida, desde que os resíduos sejam trazidos de volta, uma vez que não há caixotes de lixo.
  • Fumar, desde que não se deite ao chão a ponta do cigarro.
  • Desembarcar cães-guia.
  • Aceder com cadeiras de rodas manuais (as cadeiras motorizadas não podem subir ao barco).
  • Transitar com qualquer género de carro de crianças ou de transporte de pessoas ou bagagem, mas apenas pelos caminhos autorizadas.
  • O trânsito de bicicleta e/ou viaturas similares, apenas na Ilha de Ons.

SERVIÇOS BÁSICOS DA ILHA

  • Assistência sanitária – Hoje em dia, nenhum dos arquipélagos conta com pessoal sanitário de maneira permanente. Nos meses de julho e agosto, e fins de semana de junho e setembro, o arquipélago das Ilhas Cies dispõe deste serviço, pois coincide com o de maior afluência de visitantes. O posto da Cruz Vermelha nas Ilhas Cies localiza-se a poucos metros do posto de informação, junto da praia de Rodas, e é atendida por vários nadadores-salvadores e um médico ou técnico sanitário.
  • Salva-vidas – Geralmente, a câmara de Vigo destina também para estas ilhas um serviço de vigilância de praias durante a temporada estival. Estes serviços assistem nas ilhas, geralmente com o primeiro barco e vão embora no último barco do dia.
  • Água potável – É importante ter em conta que a água potável é um bem escasso, mais ainda nos períodos mais secos e que coincidem com aqueles de maior afluência de visitantes. Nas ilhas existem algumas nascentes públicas mas não costumam ter água no verão e, caso tenham, não é possível garantir a sua potabilidade. É importante, portanto, levar água para visitar as ilhas, uma vez que se trata de um território com um ambiente de tipo salino que propicia a desidratação sob o sol.
  • Sanitários públicos – Os sanitários públicos, acessíveis para deficientes motores, estão localizados no caminho que vai por cima do parque de campismo, na ilha do Faro.
  • Áreas de descanso – Aproveitando o refúgio natural que fornecem as árvores, foram habilitadas várias áreas de descanso junto de alguns dos caminhos mais frequentados com mesas ou bancos para poder fazer um alto no caminho, comer ou simplesmente sentar-se a gozar da paisagem e da calma. Estas áreas estão localizadas uma ao pé do Lago e a outra junto da praia da Nossa Senhora.

 SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PARA O VISITANTE

  • Posto de Informação – No arquipélago das Ilhas Cies, o ponto de informação está localizado a 100 metros do cais de Rodas (porto de embarque), na ilha do Monteagudo. É possível solicitar aqui toda a informação que precisar sobre o Parque Nacional, em termos de serviços como das possíveis atividades a realizar nas ilhas. O objetivo principal deste serviço é oferecer ao visitante a informação necessária para poder aproveitar tirar o maior proveito da sua visita. Este serviço está disponível quando há serviço regular de transporte marítimo.
  • Centro de Informação – Está localizado a 1,2 km do cais de Rodas, na ilha do Faro. Inaugurado como Centro de Interpretação em 1997, encontra-se no interior de um antigo armazém de artilharia do século XIX, o qual foi levantado por sua vez sobre as ruínas do Mosteiro de Santo Estêvão, datado no século XI e centro da vida insular naquela época. No seu interior ainda é possível observar os restos das fundações, algumas peças que fizeram parte das cornijas do edifício e um sepulcro antropomorfo, pertencente a algum dos frades que ali viveram.
    Atualmente, o Centro dispõe de posto de informação para o visitante, sala de interpretação-exposição sobre o parque com uma área infantil e uma sala multiusos para projeções, cursos, palestras ou atividades com coletivos programadas pelo pessoal do parque ou solicitadas ao parque.  Geralmente, permanece aberto durante a temporada estival.
  • Miradouros – Embora existam inúmeros locais nas ilhas cuja paisagem pode ser admirada, consideramos apenas alguns deles que, pelo seu elevado interesse paisagístico, amplitude e localização, são acessíveis para a maior parte dos visitantes. Em Cies são recomendados: o Faro das Cies, o Faro da Porta, o Faro do Monteagudo, a Pedra da Campá ou o Alto do Príncipe.
  • Observatórios – Barracas de madeira para a observação de aves marinhas com um desenho adequado para se aproximar das zonas de criação sem perturbar nem assustar às colónias de aves. Existem dois nas Ilhas Cies, um localizado a poucos metros do miradouro da Pedra da Campá (Ilha do Faro) e outro próximo do Faro de Monteagudo (Ilha Norte ou de Monteagudo).
  • Painéis informativos e sinalização – O Parque Nacional apresenta um painel informativo no arquipélago das Cies, localizado à frente do posto de informação., contendo um mapa específico do arquipélago, com os serviços, locais de interesse e itinerários, para além de um mapa geral com a localização do Parque Nacional e alguns aspetos básicos da normativa do espaço natural.

SERVIÇOS DE HOTELARIA

  • Parque de campismo das Cies – É um equipamento de caráter privado, autorizado através de uma concessão. Encontra-se na ilha do Faro, a 700 metros do posto de informação do parque. Tem capacidade limitada, pelo que é recomendável reservar vagas com antecedência no seu site. Deverá apresentar o cartão de campista nos navios para solicitar o bilhete de transporte com pernoita na ilha. O parque de campismo, geralmente, ficará aberto sempre que haja transporte regular de visitantes, mas é recomendável confirmar antes.
  • Restaurantes – Nas Ilhas Cies há vários estabelecimentos de hotelaria que permanecem abertos no período de transporte público regular da campanha estival. Hoje em dia localizam-se na ilha os seguintes locais de restauração: restaurante e autosserviço no parque de campismo, Bar Serafín, Restaurante de Rodas e Bocatería Begoña.

 

Ler mais Ler menos

Como chegar – Planos dos nossos portos

Escolha o seu destino